ff

PassoFundo.Net - blog@passofundo.net
quinta-feira, 12 de maio de 2011
Prefeitura vai cobrar taxa de lixo que estava suspensa

A Prefeitura de Passo Fundo, através da secretaria de finanças, começou a enviar nessa quarta-feira, via correios, boletos de cobrança retroativa da taxa de lixo.
O valor se refere a 26 meses ( de julho de 2008 a agosto de 2010) em que a cobrança esteve suspensa por liminar judicial, situação que agora foi regularizada. Segundo o Secretário César Bilibio, o município enviou projeto à Câmara de Vereadores em 2010, fazendo convênio com a RGE para a cobrança, como está ocorrendo atualmente. Entretanto, houve o período em que a cobrança esteve suspensa, mesmo com o serviço sendo prestado. Agora ela deve ser efetivada por orientação do tribunal de contas do estado. Com isso, os boletos começaram a ser encaminhados através dos Correios, com data de pagamento da parcela única para 14 de junho.
O menor valor é de 55 reais e 90 centavos, variando de acordo com as residências onde a coleta do lixo é diária ou não, assim como nas empresas.
Bilibio explicou que as pessoas poderão parcelar o valor em até quatro vezes, mas para isso deverão procurar a Secretaria de Finanças na Prefeitura. Ele observou que quem não pagar ficará inscrito em dívida ativa com o município.
O Secretário lembrou que mesmo com a cobrança da taxa do lixo, os valores arrecadados são insuficientes para a manutenção do serviço, o que é garantido pelos cofres municipais.
 

Postado por WM Internet as 09:34 e tem 2 comentarios
2 Comments:
Anonymous Anônimo disse...

É um absurdo como sempre sobra p o "povo pagar a conta".Eu n tenho nada a ver se foi suspenso, por liminar e etc..Sei q agora recebo essa cobrança com prazo e data p vencer e ainda sujeito a ficar em divida ativa..E se eu n tiver o valor no dia do vencimento??Então q continuassem descontando na conta da luz q pelo menos a gente n "sentia tanto"!

19 de maio de 2011 16:35  
Anonymous Anônimo disse...

Absurdo! Absurdo! Fazem as... bobagens e nós pagamos! O mínimo que teriam de fazer é cobrar o valor vigente na época e cobrar mensalmente. Mas não, tem de ser o valor atualizado, é claro, o contribuinte que é culpado! Agora, se quisermos parcelar, teremos de enfrentar fila, má vontade do atendente e perder tempo. A cobrança foi baseada no cadastro do IPTU. Então, os que não pagam IPTU, não pagarão estas taxas? Eles não tiveram o recolhimneto do lixo? Será que os responsáveis por esta cobrança não se deram conta disto? Todos são iguais. Vamos ver se tomarão alguma atitude. Aguardaremos

24 de maio de 2011 14:34  

Postar um comentário

Voltar ao blog



 
 

Últimos Posts

Campanha da OMS e ONU, "Década de Ação para a Segu...
Metade dos municípios gaúchos ignora Código de Trâ...
Frio do outono já causa aumento na comercialização...
Reserva indígena da região é modelo no Rio Grande ...
Rio Grande do Sul deve registrar temporal e graniz...
Torneio Cidade de Passo Fundo de Xadrez acontece n...
Receita do ICMS já cresceu 9,8% nominais este ano ...
Começa hoje limpeza no Rio Passo Fundo
Governo investirá R$ 7,5 milhões para o aeroporto ...
Marcos Daniel anuncia sua aposentadoria do tênis

Arquivos

Dezembro 2010 Janeiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Abril 2014 Maio 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Novembro 2014 Janeiro 2015 Agosto 2015 Outubro 2015

 

 

WM INTERNET