ff

PassoFundo.Net - blog@passofundo.net
quinta-feira, 21 de abril de 2011
"Abri minha casa e meu coração para os senegaleses"

Quase dois anos após a chegada dos primeiros grupos de africanos na cidade, muitos passo-fundenses já superaram as diferenças e ofereceram um lar para alguns imigrantes. A primeira filha do casal de senegaleses, nascida na semana passada, em Passo Fundo.
 
Eles vieram a Passo Fundo com a intenção de regularizar a situação do passaporte, na Delegacia da Polícia Federal, e partir para outras regiões em busca do sonho de conseguir trabalho e enviar dinheiro para ajudar familiares no continente africano. Durante algum tempo, andaram em grandes grupos pelas ruas da cidade, com trajes típicos. Por onde passavam, despertavam curiosidade, estranheza e admiração. Passados quase dois anos, muitos daqueles senegaleses receberam o visto e deixaram o Estado, outra parte espalhou-se por diversas  cidades do Norte gaúcho, enquanto um pequeno grupo decidiu ficar e conquistar, não somente a confiança, mas também o coração dos passo-fundenses.
Cativada pelos imigrantes, aos 68 anos, Ana Tereza Machado, ou simplesmente dona Ana, dá uma aula de convívio com as diferenças cultural, racial e religiosa. Moradora da vila Popular, ela e o marido Romeu Machado, abriram as portas da própria casa para abrigar o casal Mamour e Khady. A amizade entre eles iniciou há um ano e meio, quando o rapaz chegou em Passo Fundo, e se hospedou na pensão da família.
Mesmo tendo mudado algumas vezes de endereço durante esse período, o casal de imigrantes nunca perdeu o contato com os antigos amigos. A relação se estreitou ainda mais quando Khady entrou nas últimas semanas de gravidez. Para não deixar ela sozinha, enquanto o marido estava no trabalho, Dona Ana decidiu recebê-los  em sua casa e passou a cuidar deles, com o mesmo carinho e dedicação de uma mãe.
Tanta generosidade só poderia ser recompensada com um presente muito especial. Na terça-feira, a mulher  deixou o Hospital da Cidade trazendo em seus braços, a filha. Uma menina, que pela tradição muçulmana, terá o nome escolhido pela avó paterna no sétimo dia de nascimento. "Minha mãe, que está na África, vai revelar o nome dela na sexta-feira, estou muito feliz" diz  o pai. A celebração do nascimento acontece no domingo com o sacrifício de um cordeiro.
 
Pesquisa revela o traço trabalhador dos africanos
A  chegada dos senegaleses em Passo Fundo também chamou a atenção do professor João Carlos Tedesco. Doutor em ciências Sociais e professor do mestrado em história na UPF, desde 2009, juntamente com a professora Denize Grybovski, doutora em Administração, ele iniciou a pesquisa Senegaleses em Passo Fundo, com a intenção de analisar a inserção desses grupos no mundo do trabalho. Segundo ele, nos últimos seis anos, o Brasil vem se tornando uma das principais referências da América Latina, para imigrantes, principalmente da Europa e África,  muito  em razão da legislação branda.
No caso dos senegaleses, São Paulo (capital) e a região Norte do Estado, tornaram-se pontos de referências para os grupos, devido à grande oferta de emprego existentes nesses locais. No norte gaúcho, os africanos estão presentes em  Erechim, Marau, Getúlio Vargas, Nova Araçá e Nova Bassano, atuando  em setores básicos como alimentação (frigoríficos), construção civil, estradas e trabalho informal (ambulantes). Estima-se que pelo menos 200 deles permanecem na região.
Ao longo da pesquisa, foram realizadas seis entrevistas coletivas, com grupos de até 23 imigrantes, além do preenchimento de questionários. Os pesquisadores também ouviram alguns empregadores.  A maioria elogiou a capacidade e disposição do grupo para o trabalho. Apesar do pouco grau de instrução escolar, muitos  foram considerados profissionais com extremo conhecimento e habilidades para determinados serviços. "A grande busca deles é pelo trabalho. O objetivo é juntar o máximo de dinheiro para ajudar parentes na África. São excelentes trabalhadores.  Também tem o aspecto religioso, que é bastante forte. A figura do líder espiritual, exerce uma liderança muito importante" explica Tedesco.
Ao analisar o impacto causado pelos africanos em Passo Fundo, o especialista afirma que o grande desafio da sociedade regional é entender a dinâmica do mundo moderno da migração. "As pessoas buscam espaços onde é possível sobreviver. É importante destacar que os empregadores não deixaram de oferecer emprego para essas pessoas mesmo não tendo muitas informações sobre eles. Também é preciso dizer que há muita exploração do trabalho. Por serem estrangeiros a barreira da língua e a necessidade de sobrevivência deixam eles  mais suscetíveis para uma situação de exploração" explica. Para o professor, a integração social, cultural, e no campo do trabalho, poderia ter outra dimensão, não fosse a característica peculiar  de mobilidade dos africanos. A facilidade com que trocam um lugar pelo outro, ou de um serviço, acaba tornando-se obstáculo para os processos de integração na sociedade. Essa situação os coloca na condição de usuários temporários do espaço, sem garantia alguma de continuidade na carreira. 
 
Reportagem completa em

Postado por WM Internet as 20:37 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Voltar ao blog



 
 

Últimos Posts

Um verdadeiro mundo encantado espera pelos visitan...
Manitowoc recebe área para fábrica em Passo Fundo
Cresce o índice de acidentes envolvendo motociclet...
Passo Fundo transforma-se no maior polo caminhonei...
Banda Larga de 1 Mb
Maior lucratividade dos últimos cinco anos
Testemunhas do acidente em Palmeira das Missões
Adolescente morre após colidir moto em caminhão
Internet lenta e cara
Neblina pode ter causado acidente

Arquivos

Dezembro 2010 Janeiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Abril 2014 Maio 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Novembro 2014 Janeiro 2015 Agosto 2015 Outubro 2015

 

 

WM INTERNET